sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Toda a minha saudade, e o meu amor de sempre.



- Às vezes sinto falta de mim.
-Eu também, menina.
- Sente falta de si?
- Não, de você. E dói.
[Silêncio]
-Me abraça?
-Sempre.

2 comentários:

Natália Rocha disse...

Ai que lindo*
emocionante...

Beijos,feliz fim de semana pra ti!

Camila Márcia disse...

Perfeito!