sexta-feira, 16 de julho de 2010

Era pr'eu estar feliz, nera? 'Que cara é essa de quem tá esperando quem não prometeu chegar?'


Ele não disse que ia ficar. Muito menos que ia ser para sempre, e você também sabia que não. Então porque agora que ele não mais aqui está, você fica assim, a beira de um ataque de nervos? Quer dizer, que pensou que não ia ser assim, que talvez, se ele ficasse um pouco e gostasse, como gostou, ia ficar para sempre?
Não. Mas ele não ficou. Fez o que havia dito desde o começo. Você sabia. Então, ora essa! Faça-me o favor! Desculpa-me a franqueza minha filha!
Se toca, se olha, enxerga no que se transformastes. Somente na expectativa dele voltar e dizer: eu vim pra ficar. E se não acontecer, quanto tempo vais ficar assim? Já se passaram dias, erga a cabeça e viva. Viva como você vivia antes dele aparecer. Ele se foi, mas você estar viva. E deveria estar mais viva do que nunca. Onde está a mulher que todos pensam que és. Com alma de menina, mas com cabeça de homem? Ele levou também foi?
Daqui a mais dias o que será que você vai deixar ele levar, a sua paz, alegria de viver? Sinceramente, eu não sei o que ele tem de tão bom, mas tenho certeza que você tem muito mais. Então acorda, e para com isso, antes que eu te dê um soco na cara, pra você vê que tem muita gente pra cuidar de você.

2 comentários:

' Jhully Galvão_ disse...

Pra quem é isso mesmo, amiga ?

=D

Roziane Souza disse...

Se adivinhar, dou um doce! hehehe