terça-feira, 22 de novembro de 2011

“Você me ensinou muita coisa, a te respeitar, te admirar, te querer, só não me ensinou a te amar, isso aprendi sozinha. Sabe, quando estamos distantes, mesmo que por horas, sinto muita saudade… a vida fica surda sem você, porque o volume do mundo abaixa para ouvir meu grito interno. Às vezes sinto que você vai me querer pra sempre, e vai assumir tudo isso e ficar ao meu lado pra sempre. Porque eu ainda sou frágil, preciso de você, preciso que cuide de mim. Mas não quero sujar nosso amor com a minha mania de amar despedaçada e esfarelada, quero ficar toda inteira pra quando você me quiser.”

Um comentário:

Flor de Lis... disse...

Oi... encontrei seu blog passeando pela net. Muito lindo por aqui viu... seguindo já!


se quiser, pode dá uma passadinha no meu tb. Vou adorar a visitinhaaa.



http://fllordeliss2010.blogspot.com/


Bjusssss;)