segunda-feira, 6 de junho de 2011

“O amor invade pela boca enquanto a gente se olha e fica rindo.”

“É cedo pra dizer, ou tarde demais pra fugir. Talvez você seja um cachorro-cínico-egoísta apenas sendo gentil-romântico-atencioso só pra me enganar na sua cama. Mas se não for você, será outro qualquer. Melhor que seja você.”

Um comentário:

Camila Márcia disse...

Não gosto dessa passividade, não acho que o amor seja passivo: amor é caos é contradição, é não aceitar, aceitando!