quarta-feira, 20 de abril de 2011

Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível.

Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não emplaca uma semana nos empregos, está sempre duro, e é meio galinha. Ele não tem a
menor vocação para príncipe encantado e ainda assim você não consegue despachá-lo.

3 comentários:

Camila Márcia disse...

E desde quando a gente escolhe quem amar?! Amar é muito disso: escolher a pessoa errada e fazer o impossível para torná-la a pessoa certa!

Beijinhos.

http://devaneiosfugazes.blogspot.com/

Callie disse...

DE uma beleza ímpar teu espaço..
o encontrei através de amigos..

seguindo aqui, beijoooos

Kitéria Angéllica disse...

Olho todo dia... :) Adoro seu blog, Nana...